O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 
 

HISTÓRIA DA ASSEMBLÉIA
DE DEUS MINISTÉRIO DO BELÉM
EM MOGI GUAÇU


José Benedito Gonçalves morava com a esposa e filhos no sítio Pessegueiro, município de Itajubá/MG, em sete alqueires de terra, dos quais era dono apenas de dois. Com a morte de seu pai, resolveu vender sua pequena propriedade com o objetivo de ir morar no Estado do Paraná.

Em uma vigília realizada em sua casa, Deus usa a adolescente Palmira e determina que ele mude para Mogi Guaçu, São Paulo, pois tem uma obra a realizar por meio dele naquela cidade.

Com carta de mudança assinada pelo Pr. José Afonso Faria deixa sua querida Itajubá para cumprir o IDE de Jesus. Em 11 de junho de 1963 ele chega a Mogi Guaçu acompanhado por sua esposa Benvinda Maria Gonçalves e os filhos Benedita, Cornélio, Francisca, Neuza, Rute, Elias e Darci.

Fixaram residência na Rua João Ramalho, 279, na Vila Paraíso. O irmão José Gonçalves logo começou a falar de Jesus para os vizinhos e convidá-los para o culto que era realizado em sua residência, e, para sua surpresa, muitos aceitaram a Cristo como Salvador.

Então alugou um pequeno salão no número 260, da mesma rua, e a quantidade de salvos só aumentava. Devido ao crescimento do trabalho, o irmão José Gonçalves procurou o Pr. José Teixeira Machado, presidente da Assembléia de Deus Ministério do Belém em Mogi Mirim, e pediu-lhe o apoio, o qual de imediato concordou em filiá-los ao seu campo e ajudá-los.

Com muita dificuldade, mas com a ajuda da Assembléia de Deus em Mogi Mirim, o irmão José Gonçalves compra o terreno na Rua João Ramalho, 216, na Vila Paraíso, onde constrói uma edícula para abrigar a multidão de crentes que só aumentava a cada dia. Ordenado ao ministério, o Pr.

José Gonçalves dedica-se a abrir pontos de pregação nas vilas circunvizinhas e constrói um pequeno templo no lugar da edícula. Foi obrigado a ampliá-lo para o tamanho atual, por não comportar mais o número de membros da igreja.

O Pr. Valdenir Carneiro de Oliveira, presidente da Assembléia de Deus Ministério do Belém em Mogi Mirim, sentiu em seu coração o desejo de dar autonomia administrativa às cidades de Mogi Guaçu e Estiva Gerbi, tornando-as um novo campo do Ministério do Belém.

Com a concordância do Pr. José Wellington Bezerra da Costa, presidente do Ministério do Belém, em 12 de janeiro de 2007, diante de uma comissão determinada por ele, composta pelos pastores Adeli Geraldo dos Santos, José Felipe da Silva e José Luiz de França, foi realizada a assembléia para a fundação da Assembléia de Deus Ministério do Belém em Mogi Guaçu.

Chovia muito naquela noite, o que impediu a vinda de muitos irmãos. O Pr. Valdenir falou de sua alegria em dar autonomia a Mogi Guaçu e Estiva Gerbi e com a oração do Pr. José Luiz de França foi estabelecida a posse do Pr. Antonio Mardonio Nogueira Vieira como primeiro presidente da Assembleia de Deus Ministério do Belém em Mogi Guaçu.

Já em 25 de fevereiro de 2010, o novo campo possuía sete templos próprios, cinco terrenos e 13 congregações distribuídas em sete setores, como demonstração de que esta obra tem a aprovação de Deus e pretende estabelecer-se em todos os bairros desta pujante cidade.